Se tem uma coisa que eu prezo muito num hotel é a capacidade de o mesmo encantar-me e envolver-me e encontrei no Meliá Palácio da Lousã Boutique Hotel, motivos de sobra para viver momentos únicos, rodeados de muita arte, histórias e descobertas.

Não vou descrever aqui o que aconteceu neste recinto no passado, pois provavelmente se procurarem na internet, encontrarão informações mais precisas sobre o tema. Vou falar apenas sobre minha experiência e sobre o que mais despertou meu interesse e o que realmente senti ao visitar este lugar fantástico!

Pois bem… cheguei na vila da Lousã em um dia cinzento, tempo propício para um retiro, e deparei-me com um prédio interessante, com uma fachada muito bonita e uma escultura de um brasão no topo, belíssima! até aí nada de novidade, pois aqui em Portugal existe inúmeros lugares com estas características. O interior era muito aconchegante, com várias salas de estar decoradas bem ao gosto do estilo clássico! até aqui, também nada de novo. Mas… quando vi a sala de refeições, Nossa! Apaixonei! A “menina dos meus olhos” foi mesmo a magnífica sala de jantar, amor à primeira vista, onde tive o privilégio de absorvê-la demoradamente…Sentei-me para jantar às 2O:00 horas e saí quase perto da meia-noite ( última a sair, para variar 😉 ) Linda! linda! linda! um verdadeiro tesouro; fiquei imaginando como seriam os jantares no século XVIII e visualizei a antiga proprietária da casa, a Viscondessa do Espinhal, sentada à minha frente com sua família e a mesa maravilhosamente atafulhada de deliciosas iguarias: carnes assadas perfumadas, frutas raras e tentadores doces conventuais, pude ouvir ainda, longinquamente, alguém ao piano tocando uma suave melodia (sonhadora eu!). Dizem que a Viscondessa foi uma grande mulher e benemérita para a vila da Lousã. Pela personalidade do espaço, ficaria a noite toda trocando ideias com ela, acho que teríamos muito sobre o que falar…

Os lugares antigos tem essa magia! De conservar a energia de outras épocas e penso que consigo senti-la no ar…

A sala é toda decorada com lindas pinturas formando arabescos em tons terrosos com fundo verde oliva. Nas paredes laterais foram pintados vários motivos de um símbolo de que gosto muito: cornucópias, cheias de frutas, que significa abundância e prosperidade e em outra parte, motivos sobre caças: eu identifiquei numa pintura o coelho, a perdiz e o faisão, carnes exóticas, mas que antigamente eram muito apreciadas e não faltavam na mesa da abastada nobreza. O tecto é um luxo só, nos quatro cantos, 4 mulheres; inicialmente imaginei que fosse 4 versões da Viscondessa, mas ao perguntar um simpático garçom que dava assistência à minha mesa, ele explicou-me que eram as 4 estações do ano e fiquei muito feliz por estar sentada bem abaixo do verão.
E para completar minha experiência sensorial, um apetitoso jantar regado a um delicioso vinho verde. Não tirei foto do prato principal e entradas, porque estava ocupadíssima degustando meu saboroso manjar! Mas… quando veio a sobremesa, aí não resisti! mais uma fotografia; se a apresentação era divina, fiquei imaginando o sabor. Era composta por 3 qualidades de doces conventuais: leite creme, pudim de mel e barriga de freira decorados com frescos mirtilos e phisalis. A conjugação do pudim de mel e mirtilos foi simplesmente fantástica, meu paladar agradeceu! sempre que lembro-me desta sobremesa, fico com água na boca! vou tentar reproduzi-la…
Outros detalhes que amei no hotel foram o imponente lustre de cristal no hall de entrada, um antigo oratório pintado a verde seco com desenhos de guirlandas nas portas e o vistoso brasão de família pintado no tecto de uma das salas de estar.
Se és um viajante que aprecia a boa mesa e requinte, está aí uma bela opção: Restaurante gourmet do Meliá Palácio da Lousã Boutique Hotel e com um bônus extra: os preços são muito convidativos! Fiquei mesmo surpreendida pela qualidade versus preço, pois já paguei mais por bem menos. Excelente atendimento e área envolvente cativante!
Penso que merece mais uma estrela.
Assim dá mesmo vontade de voltar…

Curtam estas imagens que deixo aqui! fotos tiradas “na surdina” 😉 para não incomodar os outros hóspedes…

Meliá Palácio da Lousã Boutique Hotel

Meliá Palácio da Lousã Boutique Hotel

Meliá Palácio da Lousã Boutique Hotel

Linda fachada do hotel

Linda fachada do hotel

Lindo brasão na fachada principal

Lindo brasão na fachada principal

Lindas pinturas nas paredes da sala de jantar

Lindas pinturas nas paredes da sala de jantar

O maravilhoso tecto da sala de jantar!

O maravilhoso tecto da sala de jantar!

Pinturas no tecto indicando as quatro estações do ano, aqui o inverno

Pinturas no tecto indicando as quatro estações do ano, aqui o inverno

Pinturas no tecto indicando as quatro estações do ano, aqui o outono

Pinturas no tecto indicando as quatro estações do ano, aqui o outono

Pinturas no tecto indicando as quatro estações do ano, aqui a primavera

Pinturas no tecto indicando as quatro estações do ano, aqui a primavera

Sentei-me abaixo do verão, para mim, a estação do ano mais "bonitinha" ;)

Sentei-me abaixo do verão, para mim, a estação do ano mais “bonitinha” 😉

O imponente lustre de cristal

O imponente lustre de cristal

Hall de entrada principal, um luxo!

Hall de entrada principal, um luxo!

Pintura do brasão de família no tecto de uma das salas de estar

Pintura do brasão de família no tecto de uma das salas de estar

Oratório antigo pintado em verde seco com motivos florais na porta e folheado a ouro. Lindo!

Oratório antigo pintado em verde seco com motivos florais na porta e folheado a ouro. Lindo!

Deliciosos doces conventuais: leite creme, pudim de mel e barriga de freira

Deliciosos doces conventuais: leite creme, pudim de mel e barriga de freira