O kimono japonês feminino é uma vestimenta que acho lindíssima, uma obra de arte! Vestir um kimono tradicional e andar com elegância deve requerer muita prática, penso eu. Para mim a elegância maior está  principalmente nas mangas compridas e largas, que se abrem e balançam quando as mulheres se movimentam, deslizando graciosamente  nos braços. E aquelas amarrações encantadoras em brocado formando camadas na parte das costas? às vezes enormes laços, outras vezes uma espécie de travesseiro, o chamado “Obi makura”.

Logicamente gosto dos modelos de kimonos mais formais, em seda e ricamente bordados, mas onde os usaria? Quem conhece-me sabe que eu inventaria uma ocasião para isto, talvez numa festa temática. Hoje, o modelo que vou mostrar aqui é muito simples, com uma estamparia que adoro, o qual acrescentei uma faixa de 10 cm de largura de tecido brocado e  foi o que deu graça ao meu look! Esta faixa chama-se “Obi” e é bem mais larga, dizem ter uns quatro metros de comprimento. Mas, continuo sonhando em vestir um kimono dos modelos mais tradicionais e solenes e mostrar ao pormenor todos os detalhes aqui no blog. Quem sabe mais à frente?

Meu encanto pela cultura japonesa começou, que me lembre, tinha eu seis anos. Foi na casa da minha avó materna. Ela tinha uma cristaleira antiga e um belo dia comecei a admirar o conteúdo. Meus olhos curiosos depararam-se com uma casinha linda, toda trabalhada em vidro e espelhos e dentro dela uma boneca diferente de todas as que eu já tinha visto…Apaixonei! Explicou minha avó que era uma japonesa e que elas usavam aquelas roupas de mangas largas e faixa em brocado, apontou para o horizonte e  disse que o Japão ficava do outro lado do mundo. Até hoje consigo descrever esta casinha de vidro que tanto me fascinou! Havia pinturas nas paredes espelhadas, ora das famosas cerejeiras em flor, ora do monte Fuji e a boneca parecia mesmo uma deusa, com aquele vestido de mangas longas, todo de cetim brocado, enfim…um sonho!

Voltando ao meu look, ele é super simples e uso-o no dia a dia. Esse modelo é mesmo para usar atado na cintura, mas como a faixa era fina demais e simples, optei por arranjar um tecido, brocado dourado e vermelho escuro, e fazer uma. Fiquei satisfeita com o resultado! O que conta mesmo, é darem  um toque pessoal no seus looks e ficarem satisfeitas com o resultado. Mesmo que os outros critiquem, não liguem, continuem felizes! É uma peça bem versátil e fica ótimo com calças. Gosto também dos modelos que se usam soltinhos.

Dizem que o corte, as estampas e as cores do kimono variam dependendo da idade, estado civil e posição social da pessoa.

Alguém aí entendido na matéria para acrescentar mais alguma coisinha? talvez alguma curiosidade…

selfie

Cenário, look, make-up e fotografias by Marina Mourão

 

selfie

É logico que não poderia faltar o “Hashi” para a fotografia

selfie

E também não poderia faltar esta peça artesanal que eu acho fofa, a sombrinha japonesa.

Kimono japonês feminino

Eu feliz da vida com meu kimono!